Quem somos

A PROESTILO PAINÉIS trabalha em um processo criativo que combina as artes visuais e tecnologia para comunicar idéias. começa com nas mãos de talentoso profissionais de comunicação visual, que criam e gerenciam a produzem efeitos visuais destinados a informar,e também modernizar de acordo com o desejo do cliente.
atuamos nos seguinte segmentos:

A fabricação de letras, letreiros e placas de qualquer material, luminosos, atende os mais diversos estabelecimentos comerciais e industriais imagináveis. Estes produtos podem ser adquiridos por lojas de departamento e construção (para revenda de placas de sinalização – convencionais ou específicas de algum setor profissional), além do uso pelas instituições governamentais no emplacamento de veículos e na sinalização do trânsito. Entre os produtos especificados encontram-se letras em metal e acrílico; painéis de propaganda (também os de materiais transparentes); placas e plaquetas para veículos; placas para orientação rodoviária; e placas indicadoras para usos comerciais e industriais.

A fabricação de estruturas metálicas é uma atividade econômica situada na indústria de transformação. Neste ramo são produzidas estruturas utilizadas na construção civil (para pontes, silos, viadutos, galpões, passarelas, coberturas, andaimes e pórticos), na infraestrutura de transmissão de ondas de energia elétrica, rádio, televisão, entre outras (subestações, torres, antenas transmissoras e de emissoras) e para prospecção e extração de petróleo. A demanda concentra-se em construtoras, empresas petrolíferas e prestadoras de serviço de engenharia em diversos setores.

A fabricação de móveis com predominância de metal, engloba tantos aqueles de uso residencial, quanto comercial. Podem ser recobertos em sua superfície por outros materiais para fins funcionais ou ornamentais. Dentre estes destacam-se: balcões; armários; bancos; camas, beliches, bicamas, camas dobráveis e dormitórios metálicos; cadeiras giratória, longarinas, para bebês e para barbeiros; conjuntos estofados; cozinhas planejadas; estantes e racks; gôndolas de supermercado; mesas e gabinetes de metal; e poltronas metálicas. Obviamente, grande parte desta fabricação será redirecionada para outros setores da indústria para produção de produtos acabado com maior valor agregado, além de estabelecimentos comerciais para revenda e distribuição. Entretanto, é possível afirmar que parte da demanda se direciona para encomenda em reformas e projetos por prestadores de serviços e construtoras.

 

Nossa Visão

A PROESTILO  é conduzida por uma visão única: ser referência em comunicação visual e prestação de serviços na área em que atua.

Acreditamos que por meio da inovação tecnológica, equipamentos específicos e uma equipe qualificada, bem treinada, e acima de tudo feliz por colaborar com o crescimento da empresa, encontraremos as soluções de que precisamos para encarar os desafios do dia a dia.

Com a capacidade de trabalho de nossa equipe comercial e produtiva, nascem as oportunidades. Oportunidades que aplicamos tanto para o crescimento dos negócios, quanto para surpreender novos clientes, que em mercados emergentes, prosperem explorando a sua identidade visual, atraindo consumidores em potencial.

 

O QUE É COMUNICAÇÃO VISUAL?

Comunicação visual

Comunicar significa transmitir uma mensagem, uma informação. A comunicação permite que os seres humanos partilhem suas informações por meio de signos verbais e não verbais ou signos visuais. Os signos são munidos de significados. Os signos verbais têm como base as palavras escritas ou faladas. Os signos não verbais ou visuais são dotados de outro tipo de código para transmitir uma mensagem, assim os desenhos, as fotografias, as cores, um sinal sonoro, as expressões corporais são apenas alguns dos exemplos de signos não verbais.

Desse modo, a comunicação visual é todo meio de comunicação que se expressa por meio de signos não verbais, ou seja, utilizando componentes visuais para transmitir o que deseja. Podemos encontrar a gênese da comunicação visual nas pinturas rupestres feitas pelos homens primitivos.

Estamos constantemente rodeados de informações visuais, um exemplo disso pode ser as placas de trânsito, as cores do semáforo, os pictogramas como as placas indicativas dos sanitários masculinos e femininos, o cinema, especialmente o cinema mudo, e os anúncios em outdoor ou anúncios na tv ou computador. O uso de imagens para transmitir uma informação, muitas vezes, é mais eficaz que o uso de um texto escrito, pois a imagem nos atinge de forma instantânea. O uso de um design de uma marca famosa, por exemplo, dispensa o uso de um texto explicativo. Do mesmo modo a comunicação visual é essencial na publicidade, pois exige um tempo menor para veicular uma ideia.

Assim para que entendamos a comunicação visual é necessário compreender sua gramática ou os seus elementos da linguagem visual que compõe esse tipo de “texto”. A criação de uma imagem pressupõe o uso de uma linguagem que são os elementos da linguagem visual. Um mapa, por exemplo, é composto por elementos da linguagem visual como linhas, cores, contraste, ponto, textura, movimento entre outros. São a partir desses elementos que interpretamos o que cada mensagem deseja nos transmitir.

A comunicação pela imagem parece de fácil decodificação, porém esse tipo de comunicação corresponde à mesma complexidade da comunicação verbal. Uma grande vantagem da comunicação visual é o fato de poder ser compartilhada e compreendida por pessoas de diferentes culturas, facilitando o acesso de todos à comunicação.

A linguagem visual leva a algum entendimento usando símbolos gráficos para gerar um sentimento ou uma idéia na cabeça de quem visualiza a imagem em questão. Ao compor uma peça de comunicação visual, o designer ou artista estrutura o sentir e o pensar. Na tarefa estão presentes o conhecimento dos elementos visuais como representação de idéias e a organização e a ordenação de tais elementos em uma composição compreensível e, antes de mais nada, LEGÍVEL. Quanto mais abstrata a linguagem, mais dificilmente será compreendida com o mesmo significado para um número grande de espectadores, por que cada um tem o seu repertório mental de signos e significados. A linguagem visual é vista por estudiosos como necessária para a formação das pessoas e sua socialização. A comunicação visual é formada por várias categorias de expressão, que vão desde o desenho a lápis no papel branco até o filme com as técnicas mais avançadas alcançadas pelo cinema. Para esta comunicação ser elaborada, utiliza-se da linguagem visual constituída por diversos elementos gráficos, como o ponto, a linha, a forma, a cor, o espaço (2D ou 3D), o equiíbrio, relação entre luz e sombra, tipo de superfície, etc.

A linguagem visual leva a algum entendimento usando símbolos gráficos para gerar um sentimento ou uma idéia na cabeça de quem visualiza a imagem em questão. Ao compor uma peça de comunicação visual, o designer ou artista estrutura o sentir e o pensar. Na tarefa estão presentes o conhecimento dos elementos visuais como representação de idéias e a organização e a ordenação de tais elementos em uma composição compreensível e, antes de mais nada, LEGÍVEL. Quanto mais abstrata a linguagem, mais dificilmente será compreendida com o mesmo significado para um número grande de espectadores, por que cada um tem o seu repertório mental de signos e significados. A linguagem visual é vista por estudiosos como necessária para a formação das pessoas e sua socialização. A comunicação visual é formada por várias categorias de expressão, que vão desde o desenho a lápis no papel branco até o filme com as técnicas mais avançadas alcançadas pelo cinema. Para esta comunicação ser elaborada, utiliza-se da linguagem visual constituída por diversos elementos gráficos, como o ponto, a linha, a forma, a cor, o espaço (2D ou 3D), o equiíbrio, relação entre luz e sombra, tipo de superfície, etc