COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO

COMAT – Comissão de Materiais
Eng. Cezar Valmor Mortari
Diretor de Construção Metálica SINUSCON Goiás
Data: 23/05/2014
Autoria: CEZAR VALMOR MORTARI – Eng. Civil – Graduado em 1984 pela UFRGS
Diretor de Construção Metálica do SINDUSCON GO
Diretor Técnico da IRONTEC Construção Metálica
Conselheiro do CTComex da FIEG
Colaboradores:
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
FERENGE – Projetista Estrutura Metálica: Eng. Paulo Sérgio Ribeiro
ERREVE – Projetista Concreto Armado: Eng. Ricardo Veiga
Projetista Concreto Armado: Eng. João Bosco da Costa
SARKIS Engenharia: Eng. Sarkis Nabi Curi
Eng. Luiz Henrique Ceotto
CMO Construtora: Eng. Moacyr Moreira
GH Fundações: Eng. Gustavo Botelho
Eng. Fernando Ottoboni Pinho – Manual CBCA – Viabilidade Econômica
SINDUSCON GO – Revista Mais – Maio 2014
Editora PINI – Revista Construção e Mercado – Maio 2014
Editora ABRIL – Revista Exame Setembro 2012
A QUESTÃO DA PRODUTIVIDADE:
O crescimento do Brasil entre 2001 e 2011 teve uma média de 3,7%
Destes: 2,70% Veio da Expansão do Emprego e Aumento da População Ativa e
Consumo
1% Veio do aumento da Produtividade
Crescimento do Brasil nos últimos dois anos: 1,80%
Destes: 1,60% Veio da Expansão do Emprego e Aumento da População
Ativa
0,20% Veio do aumento da Produtividade
Ou seja: A produtividadae brasileira está ESTAGNADA
Perspectiva para o crescimento do PIB neste panorama:
PÍFIO
Produtividade Brasileira média entre 1950 e
1980: 4,50%
Produtivida Chinesa: 9%
Segundo a consultoria McKinsey, em 1998, a produtividade nas obras brasileiras era de
30% da americana
Produtividade média (prédio 20 pavimentos) – Construção
Convencional:
26 a 36hh/m2 – Média:
31 hh/m2
Produtividade média (prédio 20 pavimentos) – Construção
Industrializada:
12 a 18hh/m2 – Média: 15
hh/m2
Conclusão: PRÉ-FABRICAÇÃO E MECANIZAÇÃO DA CONSTRUÇÃO
A QUESTÃO DA PRODUTIVIDADE:
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL MOLDADO IN LOCO:
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL MOLDADO IN LOCO:
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Dados Gerais do Edifício:
Localização: a
Chácara Santa Rita – Goiânia
GO
Fachada
:
ALVENARIA
REBOCADA
Nome do Empreendimento: b
Residencial Palácio do Bosque
– Bloco E
Empreendedor: c Sarkis Engenharia
Sobrecarga
:
200 kg/m²
Arquiteto: d Jorge Squeff – Goiânia GO
Calculista Concreto Armado: e Las Casas – Belo Horizonte MG
Número de Pavimentos: f
01 Subsolo; 01 Térreo e 23 Tipos – Total = 25
Pavimentos
Área Construída g \Subsolo: 1550 1
155
0 m²
 h
Área Construída \ pavimento
Tipo: 320 24
768
0 m²
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Dados Gerais do Edifício:
Área Construída Total: i 9230m²
Nível 1o. Pavimento: j – 2,64 m
Nível 25o. Pavimento: k + 65,4 m
Altura dos Pilares: l 68,04 m
 m
Volume total de Concreto
Armado: 2042 m3
Espessura Equivalente: n 0,2212
m3\m
2
Peso de Aço Longo o 191713 kg
Taxa Equivalente: p 93,90 kg\m3
Tipo de Paredes: q
Alvenaria leve (bloco de
vermiculita e=9cm – 500kg/m³)
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
Tipo de Lajes: Laje de concreto armado
maciço (12cm)
Tipo de Estrutura
Principal:
Concreto Armado moldado
in loco
Área de Lajes Total: 9230 m²
Volume total de Concreto
Armado: 1692 m3
Peso de Aço Longo 191713 kg
Número de Lajes: 25 unidades
Número de Pilares: 32 unidades
Altura dos Pilares: 68,04 m
Custo Médio Geral da
Forma: R$ 45,71 R$\m2
Custo Médio Geral da
Armadura: R$ 7,60 R$\kg 93,90
kg/m³
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Dados Gerais do Edifício:
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Dados Gerais do Edifício:
Custo Médio Concreto Bombeado fck=25
Mpa
R$
290,00
R$\m
3
Custo Médio Concreto Armado Parede (e=18
cm)
R$
909,24
R$\m
3
CUB Adotado (Março 2014) – Sinduscon GO 957,54R$/m²
Área Real (AR) 9230 m²
Área Privativa Total (APT) 85% da Área Real –
Adotado 7845,5 m²
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Dados Gerais do Edifício:
Valor de Venda de Mercado \ m2 R$ 4.000,00
VGV – Valor Geral de Vendas
APT x Valor de
Venda de Mercado \
m2
R$
31.382.000,00
(Adotad
o)
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
1 FORMA: Custo m³ Custo m²
1.1 Forma (Fabricação): R$ 66,00 R$\m2 8457,5

R$
558.195,00
1.2 Forma
(Mont\Desmont): R$ 17,44 R$\m2 23682 m² R$
413.014,08
1.3 Cimbramento: R$ 65,72 R$\m3 1692 m³ R$
111.198,24
Custo total da Forma: R$
1.082.407,32
R$
639,72 R$117,27
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
2 CONCRETO: Custo m³ Custo m²
2.
1
Fornecimento 25
Mpa R$ 290,00 R$\m3 1692 m³ R$
465.300,00
2.
2
Lançamento: R$ 32,00 R$\m3 1692 m³ R$
54.144,00
2.
3
Alisamento: R$ 10,00 R$\m2 9230 m² R$
92.300,00
2.
4
Controle
Tecnológico: R$8,00 R$\m3 1692 m³ R$
13.536,00
Custo Total do
Concreto:
R$
650.660,0
0
R$
384,55 R$ 70,49
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
3 ARMADURA: Custo
m³ Custo m²
3.1Fornecimento
CA50\60:
R$
4,00
R$\k
g
191713
kg
R$
766.853,51
3.2MDO: R$
3,60
R$\k
g
191713
kg
R$
690.168,16
Custo Total da Armadura: R$
1.457.021,66
R$
861,12
R$
157,86
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
4
MOVIMENTAÇÃ
O VERTICAL: Custo m² Custo m³
4.1
Grua: R$
22.000,00
R$\m
ês 7 mês R$
154.000,00
4.2
Plataforma de
Cremalheira R$10.000,0
0
R$\m
ês 7 mêsR$ 70.000,00
Custo Total da Movimentação: R$
224.000,00 R$ 132,39 R$ 24,27
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
CUSTO TOTAL: R$
3.414.088,98
CUSTOS EQUIVALENTES RASO: R$
2.017,78 R$ 369,89
Custo Agregado de Administração Direta na obra: 15,00% R$ 55,48 R$ 302,67
CUSTO EQUIVALENTE COM ADMINISTRAÇÃO
DIRETA (m3): R$2.320,4
5
(R$/m3)
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
Custos
CUSTO EQUIVALENTE COM
ADMINISTRAÇÃO DIRETA
(m2):
R$
425,37
CUSTO TOTAL COM
ADMINISTRAÇÃO DIRETA
(R$):
R$
3.926.202,33
(R$/m2)
Prazo Total do Prédio: 540 dias
Prazo Total da Estrutura: 210 dias (Fora
Fundação)
CICLO: 8,4 dias
Custo Total da Fundação: R$
647.000,00 1,15 R$
744.050,00 (Adotado)
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
Estruturas Mistas Aço – Concreto Edifícios Híbridos
Estruturas Mistas Aço – Concreto Edifícios Híbridos
Estruturas Mistas Aço – Concreto Edifícios Híbridos
Estruturas Mistas Aço – Concreto Edifícios Híbridos
Estruturas Mistas Aço – Concreto Edifícios Híbridos
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
II
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E
HÍBRIDA:
a Peso da Estrutura Metálica 4480000 kg
b Taxa de Consumo 48,54
kg\m
2
c Calculista de Estrutura Metálica
Eng. Paulo Sérgio
Ribeiro
d Calculista da parte mista Concreto Eng. Ricardo Veiga
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA
MISTA: Custo \ m2
1
SOMENTE ESTRUTURA
METÁLICA:
1.1 Estrutura Metálica
Principal
R$
9,40
R$\
kg 448000 kg R$ 4.211.200,00
1.2 Custo total da
Estrutura Metálica:
R$
4.211.200,00
R$
456,25
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
2
SOMENTE LAJE EM STEEL
DECK: Custo m²
2.1 Laje em Steel Deck com Stud
Bolts
R$
88,00 R$\m2 9230m2 R$
812.240,00
2.2 Armadura de Retração e
Negativa
R$
5,00 R$\kg 19383kg R$
96.915,00
2.3 Fornecimento 25 Mpa R$
275,00 R$\m3 969,15m3 R$
266.516,25
2.4 Lançamento: R$
32,00 R$\m3 969,15m3 R$
31.012,80
2.5 Alisamento: R$
10,00 R$\m2 9230m2 R$
92.300,00
2.6 Controle Tecnológico: R$8,00 R$\m3 969,15m3 R$
7.753,20
Custo total da Laje Steel
Deck: R$1.306.737
,25
R$ 141,58
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
3
MOVIMENTAÇÃO
VERTICAL: Custo m²
3.1Grua: R$
25.000,00
R$\m
ês 5 mês R$
125.000,00
3.2Plataforma de
Cremalheira R$10.000,00 R$\m
ês 5 mês R$
50.000,00
3.3 Custo Total da Movimentação: R$
175.000,00 R$ 18,96
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
4
SOMENTE NÚCLEO DE
CONCRETO
(Contraventamento) :
Custo

4.1 Paredes de Concreto
Armado (e=18cm)
R$
909,24
R$\
m3 195,84 m3 R$178.066
,23
Custo total do Núcleo de
Concreto: R$178.066
,23
R$ 19,29
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
5
SOMENTE Preenchimento em
Concreto dos Pilares: Custo m²
5.1 Formas R$
45,71 R$\m2 1960m2 R$
89.563,10
5.2 Armaduras R$
7,60 R$\kg 13064kg R$
99.283,97
5.3 Fornecimento 25 Mpa R$
275,00 R$\m3 200m3 R$
55.010,34
5.4 Lançamento: R$
32,00 R$\m3 200m3 R$
6.401,20
5.5 Stud Bolts nos Pilares R$
5,00 R$\unid 6532unid R$
32.659,20
5.6 Controle Tecnológico: R$
8,00 R$\m3 200m3 R$
1.600,30
Custo total do Preenchimento em
Concreto dos Pilares:
R$
290.719,28 R$ 31,50
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
CUSTO TOTAL: R$
6.161.722,76
CUSTOS EQUIVALENTES
RASO: R$ 667,58
Custo Agregado de Administração Direta na
obra: 3% R$ 20,03
CUSTO EQUIVALENTE COM
ADMINISTRAÇÃO DIRETA (m2): R$ 687,60
CUSTO TOTAL COM ADMINISTRAÇÃO
DIRETA (R$):
R$
6.346.574,45 (R$/m2)
Prazo Total do Prédio: 480 dias
Prazo Total da Estrutura: 135 dias (Fora
Fundação)
(Ganho de 210 dias – 135 dias
= 75 dias = 2 1\2 meses)
CICLO: 5,4 dias
CUSTO EQUIVALENTE TOTAL R$ 667,58
Custo Direto a maior da solução em Estrutura Mista
1º Caso – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
Custos
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 2
1\2 meses)
1 Diminuição das Fundações:
1.
1
Valor das Fundações em
Concreto Armado:
R$
744.050,00
1.
2
* Adotado: Valor das Fundações em Estrutura
Metálica – Diminuição de 17% nas cargas –
Diminuição de 15% no valor 15%
R$
632.442,50
GANHO REAL:
R$
111.607,50
GANHOS INTANGÍVEIS:
• Por serem cargas menores, podem conduzir
a uma solução global de fundação mais
econômica
• Por serem pilares mais esbeltos, soluciona-se melhor as
interferências com vizinhos
• Por terem Momentos baixos, conduzem a
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
2
Precisão das
Dimensões:
2.1
GANHO REAL: * Adotado Diminuição média de 1cm
da espessura do reboco das fachadas do prédio: 5443,2 m2 R$
6,00 R$32.659,2
0
2.2 GANHOS INTANGÍVEIS:
• Diminuição de retrabalhos para ajustes de
esquadro \ prumo
• Pode-se iniciar o revestimento de baixo para
cima, muito mais conveniente
• Implantação da cultura das medidas em
Milímetro em todos os setores da obra
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
3
Diminuição pela metade do número de trabalhadores em 5 meses e todos os
trabalhadores em 2,5 meses (contingente em concreto: 30 homens)
3.1 GANHO REAL: Menos Acidentes
de Trabalho
(Base: 35.000 acidentes \ ano em 2 milhões
de trabalhadores formais) 0,15% 0,73% R$
200.000,00 30,00 R$ 43.750,00
3.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Diminuição da possibilidade de perdas e lucros
cessantes por embargos
• Diminuição de eventuais perdas na
imagem da empresa
• Possibilidade de Ganhos no indice FAP – Fator
Acidentário Previdenciário
* Adotado R$ 200 mil como custos médio total de um
acidente de trabalho
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
4
Diminuição pela metade do número de trabalhadores em 5 meses e todos os
trabalhadores em 2 meses
4.1
GANHO REAL: Menos
Reclamatórias
Trabalhistas
(Adotado 3 reclamatórias no
período) 3,00 R$
25.000,00
R$
75.000,00
R$
29.700,00
4.2 GANHOS INTANGÍVEIS:
• Diminuição da incerteza de
ações de indenização
milionárias
• Aumento do foco da
equipe na produção
• Diminuição da possibilidade de
Autuações do Ministério do Trabalho
* Adotado como R$ 25 mil uma inicial média e acordos por 1\3 da
inicial + 20% de honorários
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
5
Diminuição de 2,5 meses no prazo de execução
5.1
GANHO REAL: Redução dos custos
fixos da equipe administrativa de obra e
de escritório central – Adotado 6%
2,5 6
%
R$
6.346.574,45 R$ 951.986,17
5.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Aumento da Produção
– crescimento mais
rápido da empresa
* Adotado como incidente sobre o custo
estimado da opção Estrutura Metálica
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
6
Diminuição de 2,5 meses no prazo de
execução
6.1
GANHO REAL: Redução do Custo
Financeiro do Investimento (0,7% do
VGV)
2,5 0,50
%
R$
31.382.000,00
R$
392.275,00
* Entendido com Custo financeiro: Capital de Giro,
Cauções, Retenções, Taxas, Inflação
6.2 GANHOS INTANGÍVEIS:
• Aumento da Capacidade
Financeira da Empresa –
Liquidez
• Diminuição do
Endividamento
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
7 Diminuição de 2,5 meses no prazo de execução
7.1
GANHO REAL: Aumento da Produtividade,
com aumento do faturamento no mesmo
prazo
5% 13,88%
R$
31.382.000,0
0
R$
217.791,08
* Entendido que haverá um valor agregado – lucro agregado, devido ao
faturamento com recursos humanos externos, adotado como 2,5 meses de 18
meses, ou seja 13,88% de ganho agregado na equipe de administração –
pode ser entendido como um potencial aumento de 13,88% no faturamento
da empresa, com os mesmos recurso humanos. Assim projetando 5% de
lucro líquido sobre o incremento de faturamento.
7.2 GANHOS INTANGÍVEIS:
• Melhoria do moral da equipe percebendose
mais produtiva que os players do
mercado
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
8 Diminuição de 2,5 meses no prazo de execução
8.1
GANHO REAL: Ganho financeiro na exploração
do imóvel (Aluguel ou mudança para indexador
mais favorável) (0,9% do VGV com 70% de
ocupação)
2,5 0,63
%
R$
31.382.000,00
R$
494.266,50
* Entendido como VGV o Valor Geral de
Vendas
8.1 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Antecipação da ocupação do imóvel
perante a concorrência: imagem
associada à competência
• Melhoria do Portfólio para efeito de
cadastro no sistema financeiro
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
Ganhos Agregados da Solução
Estrutura Metálica: R$ 2.274.035,45
Valor Custo Estrutura
Metálica: R$ 6.346.574,45
Valor Reduzido com Vantagens da
Estrutura Metálica: R$ 4.072.539,00
Valor Custo Concreto
Armado Convencional: R$ 3.926.202,33
Diferencial de Custo a MAIOR da solução Estrutura
Metálica: 3,73%
FATORES DECISIVOS QUE NÃO COLABORARAM PARA VIABILIZAÇÃO
DA ESTRUTURAÇÃO METÁLICA NESTE PROJETO:
1 Desmodulação
2
Vãos entre pilares muito próximos –
Excesso de pilares
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
Dados Gerais do
Edifício: Fachada: Vidro
 Localização: a
Setor Bueno – Goiânia
GO
Sobrecarga: 300
kg/m²
 b
Nome do
Empreendimento: Business Center Building – Hipotético
 Empreendedor: c ***
 Arquiteto: d Projeto Hipotético
 e
Calculistas Concreto
Armado:
Eng. Ricardo Veiga \ Eng. João Bosco da
Costa
 f
Número de
Pavimentos:
01 Subsolo; 01 Térreo e 20 Tipos – Total = 22
Pavimentos
 g
Área Construída
\Subsolo: 1200 1 1200 M2
Área Construída Total: 16320 m²
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
Nível 1o. Pavimento: j – 4 m
Nível 25o. Pavimento: k + 74 m
Altura dos Pilares: l 78 m
Volume total de Concreto Armado: m 4375 m3
Espessura Equivalente: n 0,2681 m3\m2
Peso de Aço Longo o 367200 kg
Taxa Equivalente: p 83,94 kg\m3
Tipo de Paredes: q
Alvenaria leve (bloco de
vermiculita e=9cm – 500kg/m³)
Tipo de Lajes: r Laje tipo Nervurada
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
CUB Adotado (Março 2014)
– Sinduscon GO 1442,61 R$/m
2
(Padrão
Comercial Alto)
Área Real (AR) 16320 m2
Área Privativa Total (APT) 88% da Área Real –
Adotado 14361,6 m2
Valor de Venda de Mercado
\ m2
R$
6.000,00
VGV – Valor Geral de
Vendas
APT x Valor de Venda de
Mercado \ m2
R$
86.169.600,0
0
(Adotado)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
s
Tipo de Estrutura Principal: Concreto Armado moldado in
loco
tÁrea de Lajes Total: 16320 m2
uVolume total de Concreto Armado: 4375 m3
vPeso de Aço Longo 403920 kg
xNúmero de Lajes: 22 unidades
yNúmero de Pilares: 16 unidades
wAltura dos Pilares: 78 m
z
Custo Médio Geral da Forma: R$
46,79 R$\m2
a
a
Custo Médio Geral da Armadura: R$
7,60 R$\kg
a
b
Custo Médio Concreto Bombeado
fck=25 Mpa
R$
290,00 R$\m3
a
b
Custo Médio Concreto Bombeado
fck=25 Mpa
R$
310,00 R$\m3
aCusto Médio Concreto Armado Parede R$ R$\m3
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
CUB Adotado (Março 2014) –
Sinduscon GO 1442,61 R$/m2 (Padrão Comercial
Alto)
Área Real (AR) 16320 m2
Área Privativa Total (APT) 88% da Área Real –
Adotado 14361,6 m2
Valor de Venda de Mercado \ m2 R$
6.000,00
VGV – Valor Geral de Vendas APT x Valor de Venda de
Mercado \ m2
R$
86.169.600,00 (Adotado)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO: Solução Laje Nervurada sem Protensão
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
CUSTOS:
Custo \
m3 Custo \ m2
1 FORMA:
1.1 Forma (Fabricação): R$
72,60 R$\m2 9555 m2 R$
693.709,93
1.2 Forma
(Mont\Desmont):
R$
19,18 R$\m2 38221 m2 R$
733.230,37
1.3 Cimbramento:
R$
72,29 R$\m3 3822 m3 R$
276.306,77
Custo total da Forma: R$1.703.247
,07
R$
389,34 104,37
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
2
CONCRETO: Custo
m³ Custo m²
2.1
Fornecimento 30 Mpa R$
3100,00
R$\m
3
4375m3 R$
1.356.146,67
2.2
Lançamento: R$
32,00
R$\m
3
4375m3 R$
139.989,33
2.3
Alisamento: R$
10,00
R$\m
2
1632
0
m2 R$
163.200,00
2.4
Controle Tecnológico: R$ 8,00 R$\m
3
4375m3 R$
34.997,33
Custo Total do Concreto: R$
1.694.333,33
R$
367,31
R$
103,82
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
3 ARMADURA: Custo m³ Custo m²
3.1 Fornecimento
CA50\60:
R$
4,00
R$\k
g
40392
0
k
g
R$
1.468.800,00
3.2 MDO: R$
3,60
R$\k
g
40392
0
k
g
R$
1.321.920,00
Custo Total da
Armadura:
R$
3.069.792,00
R$
701,72
R$
188,10
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
4
INSERTS METÁLICOS PARA FIXAÇÃO
FACHADA DE VIDRO
Custo
m³ Custo m²
4.1 Fornecimento Aço R$ 4,00 R$\kg 1100 kg R$ 4.400,00
4.2 MDO \ Chumbadores : R$ 90,00 R$\un. 2200 un.
R$
198.000,00
Custo Total da Inserts: R$
202.400,00
R$
46,27 R$ 12,40
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
5 MOVIMENTAÇÃO VERTICAL: Custo

Custo

5.1 Grua: R$
22.000,00
R$\m
ês 8 mês R$
176.000,00
5.1 Plataforma de
Cremalheira
R$
10.000,00
R$\m
ês 8 mês R$
80.000,00
Custo Total da
Movimentação: R$ 256.000,00 R$
58,52
R$
15,69
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
CUSTO TOTAL: R$ 6.925.772,40
CUSTOS EQUIVALENTES
RASO:
R$
1.583,15 R$ 424,37
Custo Agregado de Administração Direta
na obra: 15,00% R$
63,66 R$ 237,47
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
CUSTO EQUIVALENTE COM ADMINISTRAÇÃO
DIRETA (m3):
R$
1.820,63 (R$/m3)
CUSTO EQUIVALENTE COM ADMINISTRAÇÃO
DIRETA (m2):
R$ 488,37 (R$/m2)
CUSTO TOTAL COM ADMINISTRAÇÃO DIRETA
(R$):
R$
7.964.638,26
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO CONVENCIONAL
MOLDADO IN LOCO:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
Prazo Total do Prédio: 600 dias
Prazo Total da Estrutura: 240 dias (Fora
Fundação)
CICLO: 10,91 dias
Custo Total da Fundação:
R$
1.120.000,0
0
1,15
R$
1.288.000,0
0
(Adotado)
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
2º Caso – EDIFÍCIO COMERCIAL
 –
Peso da Estrutura Metálica 59800 kg
 –
Taxa de Consumo 36,64 kg\m2
 –
Calculista de Estrutura Metálica Eng. Paulo Sérgio
Ribeiro
 –
Calculista da parte Mista Concreto Eng. Ricardo Veiga \ Eng. Paulo Sérgio
Ribeiro

COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
1
SOMENTE ESTRUTURA
METÁLICA:
1.1 Estrutura Metálica Principal R$ 9,80R$\kg 608000 kg R$
5.228.800,00
1.2 Custo total da Estrutura
Metálica:
R$
5.860.400,00
R$
359,09
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
2
SOMENTE LAJE EM
STEEL DECK:
2.1 Laje em Steel Deck com Stud
Bolts
R$
88,00 R$\m2 16320m
2
R$
1.436.160,00
2.2 Armadura de Retração e
Negativa R$ 5,00 R$\kg 34272kg R$
171.360,00
2.3 Fornecimento 25 Mpa R$290,00 R$\m3 1713,6m
3
R$
496.944,00
2.4 Lançamento: R$ 32,00 R$\m3 1713,6m
3
R$
54.835,20
2.5 Alisamento: R$ 10,00 R$\m2 16320m
2
R$
163.200,00
2.6 Controle Tecnológico: R$ 8,00 R$\m3 1713,6m
3
R$
13.708,80
Custo total da Laje Steel Deck: R$
2.336.208,00
R$
143,15

COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
3 MOVIMENTAÇÃO VERTICAL:
3.1 Grua: R$
25.000,00
R$\m
ês 5

s
R$
125.000,00
3.2 Plataforma de
Cremalheira
R$
10.000,00
R$\m
ês 5

s
R$
50.000,00
3.3 Custo Total da
Movimentação:
R$
175.000,00 R$ 10,72
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
4
SOMENTE NÚCLEO DE
CONCRETO (Contraventamento)
:
4.1 Paredes de Concreto
Armado (e=18cm)
R$
956,55
R$\m
3
561,
6
m3 R$
476.704,80
Custo total do Núcleo de
Concreto: R$357.200
,50
R$
32,92
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
5
SOMENTE Preenchimento em Concreto
dos Pilares:
5.1 Formas R$ 40,51 R$\m
2
0 m2 R$ –
5.2 Armaduras R$ 7,60 R$\kg 1800
0
kg R$
136.800,00
5.3 Fornecimento 25 Mpa R$ 275,00 R$\m
3
123 m3 R$
33.825,00
5.4 Lançamento: R$ 48,00 R$\m
3
123 m3 R$
5.904,00
5.5 Stud Bolts nos Pilares R$ 5,00 R$\un
id 1512 unid R$
7.560,00
5.6 Controle Tecnológico: R$ 8,00 R$\m
3
123 m3 R$ 984,00
Custo total do Preenchimento em
Concreto dos Pilares:
R$
186.918,00 R$ 11,45

COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
CUSTO TOTAL: R$ 9.095.726,50
CUSTOS EQUIVALENTES
RASO: R$ 557,34
Custo Agregado de Administração Direta na
obra: 3 %
R$
16,72
CUSTO EQUIVALENTE COM
ADMINISTRAÇÃO DIRETA (m2): R$ 557,34
CUSTO TOTAL COM ADMINISTRAÇÃO
DIRETA (R$):
R$
9.368.598,30 (R$/m2)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA:
Prazo Total do Prédio: 510 dias
Prazo Total da Estrutura: 150 dias
(Fora
Fundação
)
(Ganho de 240 dias – 150 dias
= 90 dias = 3meses)
CICLO: 6,82 dias
CUSTO
EQUIVALENTE
TOTAL
R$
557,34
Custo Direto a MAIOR da solução em 14,20%
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
1 Diminuição das Fundações:
1.1 Valor das Fundações em
Concreto Armado:
R$
1.288.000,00
1.2 GANHO REAL:
* Adotado: Valor das Fundações em
Estrutura Metálica – Diminuição de 20%
nas cargas – Diminuição de 18% no valor
18%
R$
1.056.160,0
0
R$
201.600,00
GANHOS INTANGÍVEIS: Por serem cargas menores, podem conduzir a
uma solução global de fundação mais econômica
Por serem pilares mais esbeltos, soluciona-se
melhor as interferências com vizinhos
Por terem Momentos baixos, conduzem a
soluções mais simples
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
2 Precisão das Dimensões:
2.1
GANHO REAL: * Adotado Diminuição
média de 1cm da espessura do reboco das
fachadas do prédio:
8424 m2 R$ 2,00 R$ 16.848,00
2.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Diminuição de retrabalhos para ajustes de
esquadro \ prumo
• Pode-se iniciar o revestimento de baixo para
cima, muito mais conveniente
• Implantação da cultura das medidas em
Milímetro em todos os setores da obra
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
3
Diminuição pela metade do número de trabalhadores em 8 meses e todos os trabalhadores em
3 meses (contingente em concreto: 40 homens)
3.1 GANHO REAL: Menos Acidentes
de Trabalho
(Base: 35.000 acidentes \ ano em 2
milhões de trabalhadores formais) 0,15% 1,02% R$
200.000,00 40,00 R$ 81.666,67
3.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Diminuição da possibilidade de perdas e lucros
cessantes por embargos
• Diminuição de eventuais perdas na imagem da
empresa
• Possibilidade de Ganhos no indice FAP – Fator
Acidentário Previdenciário
* Adotado R$ 200 mil como custos médio total de um acidente
de trabalho
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
4
Diminuição pela metade do número de trabalhadores em 8 meses e todos os trabalhadores em
3 meses
4.1 GANHO REAL: Menos Reclamatórias
Trabalhistas
(Adotado 3 reclamatórias
no período) 3,00 R$
25.000,00
R$
75.000,00 R$ 29.700,00
4.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Diminuição da incerteza de ações de indenização
milionárias
• Aumento do foco da equipe na produção
• Diminuição da possibilidade de Autuações do
Ministério do Trabalho
* Adotado como R$ 25 mil uma inicial média e
acordos por 1\3 da inicial + 20% de honorários
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)

COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
5 Diminuição de 3 meses no prazo de execução
5.1
GANHO REAL: Redução dos custos fixos da
equipe administrativa de obra e de escritório
central – Adotado 6%
3 6% R$9.368.598
,30
R$ 1.686.347,69
5.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Aumento da Produção –
crescimento mais rápido da
empresa
* Adotado como incidente sobre o custo
estimado da opção Estrutura Metálica
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
6 Diminuição de 3 meses no prazo de execução
6.1
GANHO REAL: Redução do Custo
Financeiro do Investimento (0,7% do
VGV)
3 0,60%
R$
86.169.600,00 R$ 1.551.052,80
* Entendido com Custo financeiro: Capital de Giro,
Cauções, Retenções, Taxas, Inflação
6.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Aumento da Capacidade
Financeira da Empresa –
Liquidez
• Diminuição do
Endividamento
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
7
Diminuição de 3 meses no prazo de
execução
7.1 GANHO REAL: Aumento da Produtividade,
com aumento do faturamento no mesmo prazo 5% 15,00% R$
86.169.600,00 R$ 646.272,00
* Entendido que haverá um valor agregado – lucro agregado, devido ao
faturamento com recursos humanos externos, adotado como 2,5 meses de 18
meses, ou seja 13,88% de ganho agregado na equipe de administração – pode ser
entendido como um potencial aumento de 13,88% no faturamento da empresa, com
os mesmos recurso humanos. Assim projetanto 5% de lucro líquido sobre o
incremento de faturamento.
7.2 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Melhoria do moral da equipe percebendose
mais produtiva que os players do
mercado
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
8
Diminuição de 3 meses no prazo de
execução
8.1
GANHO REAL: Ganho financeiro na exploração
do imóvel (Aluguel ou mudança para indexador
mais favorável) (1,0% do VGV com 80% de
ocupação)
3
0,72
%
R$
86.169.600,00 R$ 1.861.263,36
* Entendido como VGV o
Valor Geral de Vendas
8.1 GANHOS
INTANGÍVEIS:
• Antecipação da ocupação do imóvel perante a
concorrência: imagem associada à competência
• Melhoria do Portfólio para efeito de
cadastro no sistema financeiro
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
VALORES E VANTAGENS AGREGADOS PELA SOLUÇÃO METÁLICA:
(Diminuição no prazo de execução em 3 meses)
Ganhos Agregados da Solução
Estrutura Metálica: R$ 6.114.890,52
Valor Custo Estrutura
Metálica: R$ 9.368.598,30
Valor Reduzido com Vantagens da
Estrutura Metálica: R$ 3.253.707,78
Valor Custo Concreto
Armado Convencional: R$ 7.964.638,26
Diferencial de Custo a MENOR da solução
Estrutura Metálica:
59,15%
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
ANÁLISE DA ESTRUTURA DE CUSTOS DA ESTRUTURA METÁLICA MISTA E HÍBRIDA:
FATORES DECISIVOS QUE COLABORARAM PARA VIABILIZAÇÃODA ESTRUTURAÇÃO
METÁLICA NESTE PROJETO:
1
Modulação repetitiva e adequada (Atende necessidades das garagens e
usa todo o potencial do Aço)
2
Número reduzido de Pilares (com núcleo de contraventamento em posição
diametralmente centralizada)
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
RESUMO INFOGRÁFICO – EDIFÍCIO RESIDENCIAL
Valor Estrutura
Concreto Armado
Valor Estrutura
Mista Aço-Concreto
Vantagens Solução
Aço-Concreto
Valor Final da
Solução AçoConcreto
a
Comparar
+3,73%
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
RESUMO INFOGRÁFICO – EDIFÍCIO COMERCIAL
Valor Estrutura
Concreto Armado
+59,15%
Valor Estrutura
Mista Aço-Concreto
Valor Estrutura
Mista Aço-Concreto
Valor Final da
Solução AçoConcreto
a
Comparar
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
OUTRAS VANTAGENS RELEVANTES A SEREM CONSIDERADAS A FAVOR DA SOLUÇÃO EM
ESTRUTURA METÁLICA – MISTA E HÍBRIDA:
Sistema Construtivo mais silencioso: Simpatia com a comunidade da
vizinhança
Por ter pilares menores, gera aumento de ABL (Área Bruta Locável), área de
vassoura e melhoria de vagas nas garagens
Incentivo, dentro do mercado, pela melhoria e compatibilidade dos projetos
Incentivo pela migração contínua para a Construção Industrializada – Aumento
da Produtividade
Profissionalização da construção – desaparecimento gradativo e inexorável da
figura do Servente
Diminuição drástica do uso de madeira nas obras: menos pressão por
desmatamento e diminuição de práticas ilícitas de legalização de madeira
Canteiros mais simplificados e
mecanizados
COMPARATIVO TÉCNICO FINANCEIRO ENTRE PRÉDIOS
MULTIANDARES ESTRUTURADOS EM CONCRETO ARMADO
CONVENCIONAL e ESTRUTURADOS EM AÇO-CONCRETO
OUTRAS VANTAGENS RELEVANTES A SEREM CONSIDERADAS A FAVOR DA SOLUÇÃO EM
ESTRUTURA METÁLICA – MISTA E HÍBRIDA:
 Melhor desempenho ao Sismo: muitas regiões do Brasil devem considerar
este efeito, especialmente em Edifícios Altos
 Redução do Desperdício
 Redução do Custo de Operação e Manutenção ao longo
da viga útil do empreendimento
 Associado às demais tecnologias pré-fabricadas, gera uma construção com
grande facilidade de intervenções com baixo índice de entulho e alta
reciclabilidade
 Custos mais previsíveis: redução dos graus
de incerteza nos empreendedores
 Sinergia e aderência cada vez maiores com as técnicas da Lean Construction,
programas LEED e metas de Sustentabilidade
Nome do palestrante: Engenheiro Cezar Valmor Mortari

Post Your Comment Here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *